segunda-feira, 2 de Julho de 2012

O Livro do Dia TSF, por força de outras funções que sou obrigado a assumir na rádio durante o verão, é interrompido até Setembro.

terça-feira, 26 de Junho de 2012

Ouvir: Fogos, de Raymond Carver


O Padeiro

Então, Pancho Villa veio à cidade,
enforcou o mayor,
e convocou o velho e enfermo
Conde Vronsky para jantar.
Pancho apresentou-lhe a sua nova namorada,
mais o marido dela em seu avental branco,
mostrou a Vronsky a pistola,
depois pediu ao Conde para lhe falar
acerca do seu infeliz exílio no México.
Mais tarde, a conversa foi sobre mulheres e cavalos.
Ambos eram peritos.
A amiga dava uns risinhos
e mexia nos botões de pérola
na camisa de Pancho até que,
pontualmente à meia-noite, Pancho adormeceu
com a cabeça sobre a mesa.
O marido benzeu-se
e saiu de casa segurando suas botas
sem sequer um sinal
para a esposa ou para Vronsky.
Esse anónimo marido, descalço,
humilhado, tentando salvar sua vida, é
ele o herói deste poema.

[Raymond Carver, in Fogos, tradução de João Luís Barreto Guimarães]



quinta-feira, 14 de Junho de 2012

Ouvir: Jesus Cristo bebia cerveja, de Afonso Cruz


As mulheres aspiram a casa para dentro dos pulmões 
E muitas transformam-se em árvores cheias de ninhos - digo, 
As mulheres - ainda que as casas apresentem os telhados inclinados 
Ao peso dos pássaros que se abrigam. 

É à janela dos filhos que as mulheres respiram 
Sentadas nos degraus olhando para eles e muitas 
Transformam-se em escadas 

Muitas mulheres transformam-se em paisagens
Em árvores cheias de crianças trepando que se penduram
Nos ramos - no pescoço das mães - ainda que as árvores irradiem
Cheias de rebentos

As mulheres aspiram para dentro
E geram continuamente. Transformam-se em pomares.
Elas arrumam a casa
Elas põem a mesa
Ao redor do coração.

[Daniel Faria]

quarta-feira, 13 de Junho de 2012



[Dois erros e um pedido de desculpas; errei ao dizer que Daniel Faria morreu inédito. Estava convencido, vá lá saber-se por que bulas, que era o caso e não é. Já mo fizeram saber. Tinha editado, antes da data fatídica de 1999, "Explicação das Árvores e outros Animais" e "Os Homens São Como Lugares Mal Situados". Também não poderá ter sido Vera Vouga, falecida em 2008, a organizar esta nova edição, embora ela apareça assim referida no próprio livro, que é portanto uma reedição. Fica o esclarecimento e o pedido desculpas a todos aqueles que involuntariamente enganei com a minha ignorância.]


quarta-feira, 6 de Junho de 2012

Ray Bradbury (1920-2012).




Ouvir: O Primeiro Amor É Sempre o Último, de Tahar Ben Jelloun


[Por lapso, no texto, a edição deste livro é atribuída à editora Planeta quando na verdade é editado pela QuidNovi; as minhas desculpas tanto à QuidNovi como à Planeta.]